fbpx
Capa artigo commodities: volume das ações na Bolsa. Artigo Quantum

Compartilhe este post

Ações de commodities chegam a 38% do volume da B3 em 2022

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de commodities do mundo, com destaque para os segmentos agrícola e de mineração.  

Não é novidade que na Bolsa brasileira, Petrobras (PETR4, PETR3) e Vale (VALE3) se destacam por conta do alto volume de negociações na B3. Justamente por isso, essas gigantes têm peso relevante no Ibovespa. Portanto, esse indicador é bastante sensível às oscilações das cotações dessas duas companhias.

Mas qual é o peso do setor de commodities no mercado de ações brasileiro?

É isso o que mapearam os experts da Quantum, líder em informações financeiras e inteligência de mercado.

O peso das ações das companhias de commodities chegou a 38,88% do volume financeiro negociado na Bolsa no acumulado de 2022 até o dia 31 de outubro, considerando todas as empresas listadas. Esta é a maior fatia registrada nos últimos 5 anos.

Confira abaixo os levantamentos realizados por nossos experts e saiba também como contar com as plataformas mais completas do mercado!

Panorama das commodities

Antes de detalhar os dados, vamos retomar um pouco o panorama do setor. Para esse artigo, conversamos com alguns economistas.

Especialmente, desde 2020, o mercado financeiro vem enfrentando turbulências e muitos desafios. Os efeitos da pandemia de Covid-19 e da guerra entre Rússia e Ucrânia trouxeram efeitos sobre os diversos setores da economia, incluindo as commodities.

Logo na fase inicial da pandemia e de enorme incerteza, as cotações do petróleo, por exemplo, caíram muito diante da expectativa de retração da economia e de queda na demanda. Teve até o caso emblemático do fechamento de contratos futuros de petróleo do tipo WTI de 20 de abril de 2020: o preço do barril para entrega em maio daquele mesmo ano fechou com cotação negativa.

Porém, passada a fase crítica da pandemia de Covid, diante do choque de oferta e retomada das atividades após lockdowns, os preços das commodities em geral avançaram bastante. As commodities agrícolas tiveram altas ainda mais expressivas, a partir do estopim da guerra em fevereiro deste ano.

Depois, vimos que houve uma correção para baixo, mas o fato é que as cotações de muitas delas no mercado internacional prosseguem em patamares elevados.

Hoje, continuam pesando sobre as commodities as preocupações em relação ao enfraquecimento da economia global e o risco de recessão em países desenvolvidos. Falando sobre petróleo, o conflito no leste europeu e a diminuição na produção anunciada pela Opep+ ainda impactam os preços, por outro lado, há alguns sinais de queda da demanda.

Movimentos na Bolsa

Falando do cenário recente, na Bolsa, em 2020, a participação das ações de commodities no volume financeiro foi o menor dos últimos 5 anos, em função do impacto inicial e bastante forte da pandemia e a expectativa de menor crescimento da economia mundial, afetando petróleo e commodities metálicas principalmente.

Por outro lado, as empresas de tecnologia e e-commerce entraram no radar e ganharam espaço nesse período crítico de Covid-19.

A partir de então, as negociações de commodities voltaram a ganhar espaço no mercado acionário como um todo. Como você verá a seguir.

Commodities: volume de negociações na Bolsa

Agora, vamos apresentar os dados levantados pelos experts da Quantum.

participação das ações das companhias de commodities chegou a 38,88% do volume financeiro negociado na Bolsa no acumulado de 2022 até o dia 31 de outubro, considerando todas as empresas listadas.

O dado referente a este ano é parcial, agregando 10 meses; no entanto, representa o maior peso alcançado nos últimos 5 anos.

Segundo a metodologia, para esse grupo de commodities, foram selecionadas todas as ações cuja empresa possui atividade principal ou parcela relevante do negócio diretamente relacionado com a produção e/ou comercialização de commodities.

Vale destacar ainda que foram levados em consideração papéis ativos na B3 na data de corte do estudo. Veja abaixo os resultados:

Participação das empresas de commodities na Bolsa  (Volume Financeiro)
AnoParticipação
201728,68%
201838,71%
201932,49%
202027,98%
202136,15%
 2022*38,88%

Fonte: Quantum Finance. Dados até 31/10/2022

Confira agora veja a evolução mensal:

Participação das empresas de commodities na Bolsa em 2022 (Volume Financeiro)
MêsParticipação
Janeiro37,15%
Fevereiro38,17%
Março41,47%
Abril37,87%
Maio40,76%
Junho38,72%
Julho39,98%
Agosto38,95%
Setembro37,14%
Outubro38,24%

Fonte: Quantum Finance. Dados até 31/10/2022

Ações de commodities mais negociadas em 2022

Conforme dados da plataforma Quantum, apresentamos também os tickers das ações de companhias de commodities mais negociadas ao longo de 2022.

Petro (PETR4) e Vale (VALE3) estão no topo, em primeiro e segundo lugar. Na terceira posição, encontra-se a PetroRio (PRIO3) e na quarta, mais uma vez a Petrobras, mas a sua ação ordinária (PETR3).

Em quinto lugar, a Gerdau (GGBR4). Na sexta posição em quantidade de negócios, a produtora de proteína animal JBS (JBSS3). Também desse segmento, a BRF (BRF3) é a Top 8.

A sétima mais negociada no ano foi a Vibra (VBBR3), de energia. Por fim, na nona e na décima colocação em quantidade de negócios, a Cosan (CSAN3), referência na produção de açúcar, etanol e bioenergia, e a Suzano (SUZB3), do ramo de papel e celulose.

RankingTickerEmpresa Quantidade de negócios (somatório do ano) 
1PETR4PETROBRAS23.556.401
2VALE3VALE16.079.019
3PRIO3PETRORIO7.574.151
4PETR3PETROBRAS6.916.194
5GGBR4GERDAU6.233.518
6JBSS3JBS5.573.429
7VBBR3VIBRA4.988.196
8BRFS3BRF4.930.484
9CSAN3COSAN4.818.954
10SUZB3SUZANO4.712.243

Fonte: Quantum Finance.

Top 10 ações de commodities mais rentáveis no ano

Nossos experts também levantaram as 10 ações com maiores retornos no ano até 31 de outubro. Foram levados em consideração os papéis mais líquidos, com presença em Bolsa maior que 90% no período analisado.

Os retornos são surpreendentes: vão de  23,23% a 251,92%. Portanto, superando bastante o Ibovespa, que no mesmo período acumulou alta de 10,70%.

No topo, está Dommo (DMMO3), com uma alta de 251,92%. Para quem não sabe, ela é a antiga OGX. Desde 2013, a companhia se transformou após ter passado por um processo de reestruturação. Nesse mesmo ano, começou a produção de petróleo no Campo de Tubarão Martelo. No entanto, em agosto de 2020 foi concluída uma operação na qual a Dommo passou a deter 20% da concessão e deixou de ser operadora. O preço da ação dessa empresa vem negociando a valores baixos recentemente, em torno de R$ 1,85.

As petrolíferas se destacam entre os maiores desempenhos no ano. Além de Dommo, a lista traz PetroRio (PRIO3), em segundo lugar, com uma valorização de 71,21%; a PetroReconcavo (RECV3), em terceiro com uma alta de 68,85%.

A Petrobras (PETR3, PETR4) – com seus tickers, vem em quarto e quinto no ranking. Na sequência, a 3R Petroleum (RRRP3), em sexto, e em penúltimo lugar, tem ainda a Enauta (ENAT3).

Listada na Bolsa desde 2010, a PetroRio tem ativos nos Campos de Frade, Wahoo, Polvo e Tubarão Martelo, na Bacia de Campos

A 3R fez seu IPO em novembro de 2020 e tem atuação em áreas terrestres e em mar nas Bacias Potiguar e do Recôncavo. Já a PetroReconcavo, que abriu seu capital em maio do ano passado, revitaliza campos onshore nas mesmas bacias.

Por sua vez, a Enauta é a antiga Queiroz Galvão Exploração e Produção, que mudou de nome no início de 2019. A petrolífera, com trajetória em águas ultraprofundas, tem operação de petróleo no campo de Atlanta, na Bacia de Campos, e produção de gás natural no Campo de Manati, na Bacia de Camamu, no litoral da Bahia.

Na sétima posição em maior valorização na Bolsa no segmento de commodities, vem a Minerva (BEEF3), produtora de proteína animal, seguida pela 3Tentos (TTEN3), que atua nos segmentos de varejo de grãos, insumos agrícolas e agroindústria.

Na décima posição, está a Brasilagro (AGRO3) com foco na gestão de áreas rurais.

O grupo contempla as ações de commodities que possuem retorno no ano de 2022, cuja presença em bolsa seja maior que 90% até a data de corte.

RankingTickerEmpresaRetorno
1DMMO3DOMMO251,92%
2PRIO3PETRORIO71,21%
3RECV3PETRORECONCAVO68,85%
4PETR3PETROBRAS ON57,05%
5PETR4PETROBRAS PN56,73%
6RRRP33R PETROLEUM38,60%
7BEEF3MINERVA34,48%
8TTEN33TENTOS30,54%
9ENAT3ENAUTA23,81%
10AGRO3BRASILAGRO23,23%

Fonte: Quantum Finance

Ferramenta: Templates de ações de companhias commodities

Atualmente, a Quantum é líder em informações financeiras e inteligência de mercado, com a cobertura mais completa do mercado – tanto ativos nacionais quanto offshore.

Sempre inovando, lançamos 6 Templates de Ações para acompanhamento do setor de commodities na Bolsa:

  1. Ações – Commodities
  2. Ações – Commodities (Agrícola)
  3. Ações – Commodities (Celulose)
  4. Ações – Commodities (Combustíveis)
  5. Ações – Commodities (Mineração)
  6. Ações – Commodities (Pecuária)

Com esses templates, fica ainda mais rápido e prático, analisar os papéis, a partir de informações como:

  • Retorno em diversos períodos
  • Volatilidade e outros indicadores de risco
  • Proventos
  • Indicadores fundamentalistas
  • Documentos oficiais das empresas
  • Acionistas das companhias
  • Gestores das empresas

Caso tenha interesse em saber mais sobre essa e outras ferramentas de análise de investimentos, entre em contato com a gente.

Compartilhe este post

Menu