fbpx
Melhores FIIs de tijolo e de papel em retorno no ano

Compartilhe este post

Melhores FIIs de tijolo e de papel em retorno no ano

O segundo semestre do ano reservou mudanças de rotas em duas categorias dos fundos de investimento imobiliário (FIIs). Isso graças à decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) em frear a alta da Selic.

A Quantum realiza um monitoramento mensal do mercado de fundos imobiliários. Nós realizamos um levantamento especial, a pedido do Valor Investe, e conferimos mudanças de comportamento nos ativos.

Confira agora as principais novidades!

Alterações significativas em duas classes de FIIs

A primeira categoria são os fundos de recebíveis imobiliários ou “fundos de papel”. Esses são os condomínios que investem em títulos de renda fixa do mercado imobiliário.

O cenário macro do semestre garantiu bons dividendos aos FIIs dessa categoria. Mas, a queda recente da inflação fez recuar os dividend yield, oferecendo menor retorno aos cotistas.

Por outro lado, o mercado financeiro passou a olhar com carinho para as cotas dos fundos de tijolo. Ou seja, os produtos que investem diretamente em imóveis imobiliários físicos.

Desde o fim do aumento da Selic e a expectativa de queda da taxa, os fundos de tijolos trouxeram benefícios aos investidores. Essa alta deve ser interpretada como uma recuperação.

Afinal, essa classe de fundos é uma das mais afetadas pela pandemia. Justamente, por serem imóveis físicos, como shoppings e lajes corporativas.

Melhores FIIs em termos de rentabilidade: ranking geral

Com essas mudanças, o processo de compra e venda dos ativos mostrou uma clara tendência. Os fundos de tijolos estão no radar dos investidores, em detrimento dos fundos de papel.

O nosso levantamento comprova esse cenário. Levantamos os dez melhores fundos imobiliários em retorno da bolsa de valores. A rentabilidade é acumulada no ano, até o dia 18 de outubro.

Seis fundos são de tijolos, investindo em shopping, galpão logístico e renda urbana. Apenas um fundo é de papel. O restante são os chamados Fiagros — o investidor pode investir no agronegócio com eles.

Nossa metodologia considerou apenas fundos imobiliários com pelo menos 18 mil cotistas, volume financeiro médio superior anual de R$ 500 mil e valor patrimonial de R$ 100 milhões.

Veja abaixo o ranking, levantado com a base de dados mais completa do mercado:

TOP 10  MAIORES RETORNOS NO ANO (Até 18/10)

Nome do AtivoTickerClassificação Setorial Classificação Setorial 

Retorno

VALORA CRA FIAGRO FII 

VGIA11Renda FixaFiagro31,53%
XP CRÉDITO AGRÍCOLA FIAGRO FII XPCA11Renda FixaFiagro

22,72%

HSI MALLS FII 

HSML11ImóvelShopping22,72%
MALLS BRASIL PLURAL FII MALL11ImóvelShopping

21,91%

PÁTRIA LOGÍSTICA FII 

PATL11ImóvelLogística21,20%
RIZA AGRO FIAGRO FII RZAG11Renda FixaFiagro

19,78%

OURINVEST JPP FII 

OUJP11Renda FixaHíbrido19,56%
SANTANDER RENDA DE ALUGUÉIS FII SARE11ImóvelHíbrido

19,25%

VBI LOGÍSTICO FII 

LVBI11ImóvelLogística19,16%
TRX REAL ESTATE FII TRXF11ImóvelHíbrido

18,43%

Fonte: Quantum Axis

FIIs de tijolos mais rentáveis

Nós também fizemos outros dois estudos sobre cada categoria específica. Os fundos de tijolos tiveram três segmentos como destaques: shoppings, logística e híbrido.

O Valor Investe ouviu o especialista Marcos Baroni para analisar cada uma dos setores. O analista-chefe de FIIs da Suno destacou a maior segurança das pessoas em circular por lugares públicos no pós-pandemia para explicar o aumento dos indicadores de shoppings center.

“Além disso, antes da pandemia, os fundos de shopping eram vistos como uma das classes mais seguras do ponto de vista de patrimônio e renda, o que favorece a retomada de confiança dos investidores”, destacou Baroni.

Já o setor de logística se recupera de perdas recentes. Isso porque cresceu bastante durante a pandemia, devido ao desenvolvimento do e-commerce, mas depois alguns investidores enxergaram um certo risco nesse tipo de  investimento com a volta do “antigo normal”. 

Contudo, segundo Baroni, há boas oportunidades, especialmente porque boa parte dos portfólios tem ativos dentro ou muito próximos de grandes centros urbanos.

Por fim, a matéria aborda os fundos híbridos, voltados a ativos de renda urbana, ou seja, supermercados, farmácias, atacarejos e agências bancárias.

O especialista destaca a forte capacidade de valorização de longo prazo desses chamados serviços essenciais.

Veja abaixo a lista completa:

TOP 10  FIIs DE TIJOLO COM MAIORES RETORNOS NO ANO

Nome do AtivoTickerClassificação Setorial 

Retorno

HSI MALLS FII 

HSML11Shopping22,72%
MALLS BRASIL PLURAL FII MALL11Shopping

21,91%

PÁTRIA LOGÍSTICA FII 

PATL11Logística21,20%
SANTANDER RENDA DE ALUGUÉIS FII SARE11Híbrido

19,25%

VBI LOGÍSTICO FII 

LVBI11Logística19,16%
TRX REAL ESTATE FII TRXF11Outros

18,43%

GGR COVEPI RENDA FII 

GGRC11Logística17,93%
ALIANZA TRUST RENDA IMOBILIÁRIA FII ALZR11Híbrido

17,61%

HEDGE BRASIL SHOPPING FII 

HGBS11Shopping16,87%
SDI RIO BRAVO RENDA LOGÍSTICA FII SDIL11Logística

16,66%

Fonte: Quantum Axis

FIIs de papel mais rentáveis

Já os fundos de papel foram os mais prejudicados com a queda da inflação. Baroni destacou quais foram os setores que saíram melhor após o fim da alta da Selic.

“Os fundos de papéis que tiveram maior retorno ou foram os Fiagros, ou os fundos em que o gestor conseguiu fazer operações mais ligadas ao CDI ao invés do IPCA”, explicou o analista-chefe.

Mesmo com o fim da alta da Selic, os investimentos de CDI conseguiram se beneficiar em 2022. Afinal, a taxa saiu de 2% no início do ano para 13,75% hoje.

Vale lembrar também que a maioria dos Fiagros é indexada ao CDI. Com isso, eles surfaram a chamada “onda perfeita” com a alta da Selic, segundo Baroni.

A variação negativa do IPCA nos últimos meses acabou por prejudicar os ativos atrelados à inflação.

Confira abaixo o ranking.

TOP 10 FIIs  DE PAPEL COM MAIORES RETORNOS NO ANO

Nome do AtivoTickerClassificação Setorial 

Retorno

VALORA CRA FIAGRO FII 

VGIA11Fiagro31,53%
XP CRÉDITO AGRÍCOLA FIAGRO FII XPCA11Fiagro

22,72%

RIZA AGRO FIAGRO FII 

RZAG11Fiagro19,78%
OURINVEST JPP FII OUJP11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)

19,56%

VALORA CRI CDI FII 

VGIR11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)14,23%
MAXI RENDA FII MXRF11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)

13,60%

POLO CRÉDITO IMOBILIÁRIO FII 

PORD11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)13,56%
SUNO RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS FII SNCI11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)

12,01%

CSHG RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS FII 

HGCR11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)10,82%
BTG PACTUAL FUNDO DE CRI FII FEXC11Títulos do setor imobiliário (CRI, CRA, LCI)

9,91%

Fonte: Quantum Axis

Mercado de Fundos Imobiliários: 

CONFIRA AGORA ARTIGO COMPLETO:

  • Autor: Yasmim Tavares
  • Por: Valor Investe – Publicado em 24/10/2022

Informações Financeiras: Quantum Finance

Compartilhe este post

Menu