fbpx

Tesouro RendA+ chega a R$ 1 bilhão investidos em 6 meses

Tesouro RendA+ chega a R$ 1 bilhão investidos em 6 meses

Compartilhe este post

Tesouro RendA+ chega a R$ 1 bilhão investidos em 6 meses

Os títulos do Tesouro Direto RendA+ Aposentadoria Extra superaram R$ 1 bilhão em estoque entre os investidores. O montante inclui os valores aplicados e o rendimento dos títulos.

O Tesouro RendA+ foi lançado em janeiro de 2023 pelo Tesouro Nacional como uma opção de renda fixa com foco no longo prazo. O título é uma alternativa de renda extra para os investidores durante a aposentadoria, com recebimentos pelo período de 20 anos.

Nesta segunda-feira (10), o Ministério da Fazendo anunciou, em nota, que o balanço realizado entre 31 de janeiro e 3 de julho revelou que o estoque dos investidores no RendA+ chegou a R$ 1,033 bilhão.

O valor divide-se em R$ 870,9 milhões entre aplicações e o restante em rendimento dos títulos no mercado financeiro.

Como funciona o Tesouro RendA+?

O título do Tesouro RendA+ Aposentadoria Extra tem um valor mínimo de investimento de cerca de R$ 30, e conta com oito vencimentos, que vão de 2030 a 2065, em intervalos de 5 anos:

Novo Título RendA+Vencimentos
RendA+ 203015/01/2030
RendA+ 203515/01/2035
RendA+ 204015/01/2040
RendA+ 204515/01/2045
RendA+ 205015/01/2050
RendA+ 205515/01/2055
RendA+ 206015/01/2060
Renda+ 206515/01/2065

Fonte: Secretaria do Tesouro nacional

As taxas de juros reais a serem recebidas acima da inflação serão prefixadas no momento da compra dos títulos e garantidas caso os investidores permaneçam até o recebimento de seu último pagamento mensal.

Após o vencimento do título, o investidor receberá os valores aplicados em 240 prestações mensais, ou seja, em 20 anos. Além disso, o fluxo de renda recebido será corrigido mensalmente pela inflação.

Quais são os papéis do RendA+ preferidos dos investidores?

De acordo com o Tesouro Nacional, os papéis do RendA+ com vencimento em 2030 foram os que atraíram o maior valor em compras líquidas, com R$ 374,3 milhões e 36% do total.

Em seguida, estão os títulos com vencimento em 2035, com R$ 192,1 milhões líquidos e 19% do total.

Fechando o top 3 estão os papéis com prazo mais longo de vencimento, o RendA+ 2065, com R$ 133,2 milhões e 13% do total.

Qual é o perfil dos investidores do Tesouro RendA+?

De acordo com o Tesouro Nacional, 52 mil investidores realizaram aplicações em pelo menos uma das opções do Tesouro RendA+.

A faixa etária mais representativa em número de investidores é entre 25 e 39 anos, correspondendo a 50% do total. Outros 40% dos investidores têm entre 40 e 59 anos, representando 64% do estoque do título.

Os homens representam 66% dos investidores e as mulheres representam outros 34%.

Mais da metade dos investidores alocam até 25% de todo seu saldo no Renda+, enquanto cerca de 23% alocam apenas em RendA+.

[SAIBA MAIS SOBRE OS TÍTULOS DO TESOURO RENDA+]

Fique por dentro dos outros títulos do Tesouro

Os títulos do Tesouro Nacional são títulos de dívida emitidos pelo Tesouro para financiar despesas públicas. Os investidores podem tornar-se credores do governo federal e receber uma taxa de juros.

Além do Tesouro RendA+, outras opções disponíveis para os investidores são:

  • Tesouro Selic (LFT)

São títulos pós-fixados cuja rentabilidade varia de acordo com a Selic, taxa básica de juros brasileira. Por ser um ativo com bastante liquidez, é comumente utilizado como reserva de emergência.

  • Tesouro Prefixado (LTN)

São títulos prefixados cuja rentabilidade é definida no momento da emissão do título. Como a rentabilidade não varia, o título se valoriza em momentos de baixa da Selic e perde valor quando a taxa cresce.

  • Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F)

São títulos prefixados, mas se diferem pelo pagamento de cupons de juros semestrais, ou seja, uma parte da rentabilidade contratada é paga a cada seis meses.

  • Tesouro IPCA+ (NTN-B Princ)

São títulos pós-fixados, cuja rentabilidade é definida pela inflação no período somada a uma taxa fixa pré-definida. Assim, os investidores têm certeza que terão um rendimento acima da inflação, com ganhos reais.

  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B)

Entregam rentabilidade nos mesmos moldes do Tesouro IPCA+, com a diferença de pagarem cupons semestrais.

Escolha as melhores opções de investimento em renda fixa

A renda fixa é a opção indicada para os investidores que querem bons rendimentos, mas prezam pela segurança de suas aplicações.

As soluções Quantum possuem uma base completa com os títulos de renda fixa oferecidos no mercado Brasileiro, além dos fundos de investimento que apostam nessa estratégia.

Entre em contato com um de nossos especialistas e descubra como potencializar suas análises e turbinar seus investimentos em renda fixa!

Compartilhe este post

Menu