fbpx

CDBs: prefixados caem para até 9,20%

CDBs: prefixados caem para até 9,20%

Compartilhe este post

CDBs: prefixados caem para até 9,20%

À medida que a taxa Selic diminui, a remuneração dos CDBs (Certificados de Depósito Bancário) segue caindo. 

A taxa dos prefixados agora atinge até 9,20%, enquanto os títulos vinculados à inflação também estão oferecendo retornos menores, com uma taxa real de 4,40%. 

É o que mostra o levantamento mais recente da Quantum, publicado pelo portal InfoMoney, que pesquisou os CDBs emitidos entre 18 de janeiro e 1º de fevereiro. 

No período, a reunião do Copom de 30 e 31 de janeiro cortou mais uma vez a taxa básica de juros brasileira em 0,5 p.p., chegando a 11,25%. 

Confira os principais pontos do estudo: 

CDBs prefixados 

As taxas dos CDBs prefixados de curto prazo continuaram a diminuir, enquanto as rentabilidades de títulos de prazo mais longo pararam a tendência e registraram um pequeno aumento.  

O número de emissões de títulos prefixados diminuiu de 85, na leitura anterior, para 66 na mais recente. 

Veja: 

Retornos de CDBs prefixados (18/01 a 01/02) 
Prazo (meses) Indexador Taxa mínima Taxa média Taxa máxima Número de títulos Emissor da maior taxa 
3 PREFIXADO 10,70% 10,85% 11,18% 14 BANCO DAYCOVAL 
6 PREFIXADO 9,75% 10,32% 10,55% 19 BANCO DAYCOVAL 
12 PREFIXADO 9,30% 10,38% 11,90% 12 SINOSSERRA FINANCEIRA – SOCIEDADE DE CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO 
24 PREFIXADO 9,20% 10,94% 12,02% 9 SINOSSERRA FINANCEIRA – SOCIEDADE DE CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO 
36 PREFIXADO 9,98% 11,03% 12,14% 12 SINOSSERRA FINANCEIRA – SOCIEDADE DE CREDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO  

Fonte: Quantum Finance 

CDBs atrelados à inflação 

Os CDBs indexados à inflação também ofereceram taxas menores na última quinzena, além de se tornaram ainda mais escassos, representando apenas 12,5% dos ativos emitidos. 

A taxa mínima dos CDBs com prazo de 24 meses experimentou uma queda significativa, passando de 5,50% para 4,40%, enquanto a rentabilidade média caiu de 5,71% para 5,50%. 

Confira: 

Retornos de CDBs indexados à inflação (18/01 a 01/02) 
Prazo (meses) Indexador Taxa mínima Taxa média Taxa máxima Número de títulos Emissor da maior taxa 
24 IPCA 4,40% 5,50% 5,95% 24 HAITONG BANCO DE INVESTIMENTO DO BRASIL 
36 IPCA 4,95% 5,85% 6,25% 21 HAITONG BANCO DE INVESTIMENTO DO BRASIL  

Fonte: Quantum Finance 

CDBs atrelados ao CDI 

Os CDBs pós-fixados continuam a oferecer uma remuneração média ligeiramente acima do CDI, com redução nas taxas de curto e longo prazo. 

Houve um aumento nas emissões de CDBs pós-fixados na última quinzena, passando de 217 para 247. 

Veja: 

Retornos de CDBs indexados ao CDI (18/01 a 01/01) 
Prazo (meses) Indexador Taxa mínima Taxa média Taxa máxima Número de títulos Emissor da maior taxa 
3 %CDI 97,00% 101,01% 105,00% 34 BANCO PAN / PARANA BANCO 
6 %CDI 97,00% 100,05% 120,00% 30 BANCO MASTER DE INVESTIMENTO 
12 %CDI 90,00% 100,85% 113,00% 43 BANCO C6 CONSIGNADO 
24 %CDI 98,00% 100,82% 109,00% 85 HAITONG BANCO DE INVESTIMENTO DO BRASIL 
36 %CDI 100,00% 101,79% 118,00% 55 BANCO C6 CONSIGNADO  

Fonte: Quantum Finance 

CONFIRA AGORA A REPORTAGEM COMPLETA: 

Matéria: Quanto rende um CDB hoje? Taxas de prefixados seguem Selic e caem para até 9,20% 

Autor: Bruna Furlani 

Por: InfoMoney – Publicado em 23/01/2024 

Informações Financeiras: Quantum Finance 

 

Compartilhe este post

Menu