fbpx
ICON: Varejo sente os efeitos de inflação e juros altos

Compartilhe este post

ICON: varejo sente os efeitos de inflação e juros altos

Você conhece o ICON? Os investidores brasileiros acompanham uma série de índices na B3, que representam o desempenho de carteiras específicas de ativos. O Ibovespa, por exemplo, tem uma carteira representativa da bolsa brasileira com um todo, enquanto o IDIV mede a performance das empresas que repassam maiores dividendos aos investidores.

Mas há índices representativos de setores ou segmentos da economia, como é o caso do ICON. 

O ICON, Índice de Consumo da B3, tem uma carteira de 71 ações das principais companhias do setor, incluindo consumo cíclico, não cíclico e saúde.

É um índice de retorno total, que considera a variação de preços dos papéis no mercado e a distribuição de proventos.

Como era de se esperar, as empresas presentes na carteira do ICON são afetadas pelo cenário macroeconômico brasileiro, especialmente quando o assunto é a taxa de juros e a inflação. Esses indicadores impactam diretamente no consumo dos brasileiros e, consequentemente, nos resultados financeiros das empresas do setor.

Algumas das maiores empresas presentes na carteira do ICON estão no setor varejista, como Assaí (ASAI3), Magazine Luiza (MGLU3) e Carrefour (CRFB3).

Aproveitando que grande parte dessas companhias estão divulgando seus balanços com os resultados do primeiro trimestre, vamos conferir, a seguir, um termômetro do setor.

Como andam o setor de varejo e a carteira do ICON?

No cenário macroeconômico, os brasileiros têm ouvido falar muito sobre dois assuntos: juros e inflação.

No ano de 2022, a inflação foi uma preocupação constante. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) chegou a um acumulado de 11,89% nos 12 meses até junho/22. O índice perdeu força no segundo semestre, especialmente com cortes de impostos nos combustíveis, e fechou o ano em 5,78%.

Há poucou dias, tivemos a notícia que a inflação oficial do brasil voltou a desacelerar, para 0,61% em abril, após subir 0,71% em março e 0,84% em fevereiro. Nos últimos 12 meses fechados no mês passado, segundo o IBGE, o indicador acumula alta de 4,18%.

Os economistas e analistas consultados pelo Banco Central para o Boletim Focus, tem a estimativa de 6,03% para o IPCA no final deste ano.

Para tentar enfrentar o problema, o Banco Central mantém a taxa básica de juros em um patamar alto, de 13,75%, para controlar o consumo.

Com inflação alta, os consumidores tendem a reduzir o volume de compras, especialmente de bens considerados supérfluos. Já os juros altos inibem a tomada de crédito pelos consumidores e a captação de recursos pelas empresas, além de aumentar a inadimplência.

O Assaí (ASAI3), por exemplo, registrou queda de 23% no lucro no 4º trimestre de 2022 e de 66,4% no 1º trimestre de 2023. Na Bolsa, o cenário implica numa perda de 39,77% no ano e de 23,05% nos últimos 12 meses para ASAI3, considerando a data de fechamento em 11 de maio.

O Carrefour (CRFB3) também divulgou números decepcionantes para o 1º trimestre, e as ações da empresa acumulam perda de 33,26% em 2023 e 47,98% em 12 meses.

Por outro lado, o mercado se animou com os resultados do Grupo Mateus (GMAT3), que acumula alta de 6,33% no ano e 44,52% em 12 meses.

Olhando para o setor de consumo como um todo, o ICON acumula quedas de 5,54% no ano e 16,76% em 12 meses, performando abaixo do Ibovespa:

Desempenho ICON e IBOVESPA

Fonte: Quantum Finance

Fonte: Quantum Finance, com data de fechamento em 11/05/23.

Top 10 ações do ICON com maiores retornos em 2023

Agora, vamos apresentar as 10 ações da carteira do ICON com maiores retornos em 2023 e em 12 meses.

Top 10 maiores retornos em 2023
AtivoPesoRetorno AnoRetorno 12 Meses
TENDA ON – TEND30,18%76,07%49,80%
ONCOCLINICAS ON NM – ONCO30,37%67,83%42,54%
CEA MODAS ON NM – CEAB30,10%65,94%22,19%
MAGAZ LUIZA ON NM – MGLU33,13%58,76%10,13%
MOVIDA ON NM – MOVI30,33%40,55%-28,71%
METAL LEVE ON NM – LEVE30,32%35,09%70,64%
GRENDENE ON NM – GRND30,46%33,66%-9,86%
CYRELA REALT ON NM – CYRE31,14%31,98%20,63%
SAO MARTINHO ON NM – SMTO31,21%29,22%-18,92%
ODONTOPREV ON NM – ODPV30,69%25,66%12,65%

 

Top 10 maiores retornos 12 meses
AtivoPesoRetorno 12 MesesRetorno Ano
CURY S.A. ON NM – CURY30,37%96,41%0,84%
DIRECIONAL ON NM – DIRR30,33%73,42%3,64%
METAL LEVE ON NM – LEVE30,32%70,64%35,09%
TENDA ON – TEND30,18%49,80%76,07%
RAIADROGASIL ON NM – RADL38,38%48,94%17,99%
GRUPO MATEUS ON NM – GMAT30,71%44,52%6,33%
M. DIAS BRANCO ON NM – MDIA30,56%42,72%-9,15%
ONCOCLINICAS ON NM – ONCO30,37%42,54%67,83%
VULCABRAS ON – VULC30,27%41,64%19,44%
3TENTOS ON NM – TTEN30,33%35,84%24,04%

Fonte: Quantum Finance, com data de fechamento em 11/05/23.

Top 10 ações do ICON com menores retornos em 2023

E quais são as 10 ações da carteira do ICON com menores retornos em 2023 e em 12 meses? Veja quem está sofrendo mais:

Top 10 menores retornos em 2023
AtivoPesoRetorno AnoRetorno 12 Meses
ALPARGATAS PN N1 – ALPA40,48%-40,25%-59,08%
GAFISA ON NM – GFSA30,07%-39,90%-52,07%
ASSAI ON NM – ASAI33,54%-39,77%-23,05%
HAPVIDA ON NM – HAPV33,32%-39,57%-61,82%
ANIMA ON NM – ANIM30,15%-36,53%-49,80%
CARREFOUR BR ON NM – CRFB31,31%-33,26%-47,98%
GRUPO SBF ON NM – SBFG30,31%-30,62%-61,20%
GUARARAPES ON – GUAR30,10%-30,37%-44,64%
PAGUE MENOS ON NM – PGMN30,12%-25,65%-51,97%
CVC BRASIL ON NM – CVCB30,23%-25,17%-71,74%

 

Top 10 menores retornos 12 meses
AtivoPesoRetorno 12 MesesRetorno Ano
CVC BRASIL ON NM – CVCB30,23%-71,74%-25,17%
QUALICORP ON NM – QUAL30,31%-62,51%-23,17%
HAPVIDA ON NM – HAPV33,32%-61,82%-39,57%
GRUPO SBF ON NM – SBFG30,31%-61,20%-30,62%
ALPARGATAS PN N1 – ALPA40,48%-59,08%-40,25%
ESPACOLASER ON NM – ESPA30,09%-57,04%6,77%
SER EDUCA ON NM – SEER30,05%-54,50%-18,57%
GAFISA ON NM – GFSA30,07%-52,07%-39,90%
PAGUE MENOS ON NM – PGMN30,12%-51,97%-25,65%
ANIMA ON NM – ANIM30,15%-49,80%-36,53%

Fonte: Quantum Finance, com data de fechamento em 11/05/23.

Acompanhe o desempenho dos índices da B3

Com as soluções Quantum, investidores e profissionais do mercado têm acesso a informações completas sobre todos os ativos negociados na bolsa de valores brasileira, incluindo os índices da B3.

É possível conferir a composição das carteiras, analisar o desempenho dos índices e comparar a performance dos ativos que o compõem.

Em “Carteira de Índices” estão disponibilizadas as seguintes informações:

  • Composição da carteira dos índices
  • Pesos dos ativos nos índices
  • Valores negociados
  • Dividend Yield
  • Retornos em várias janelas de tempo
  • Alpha 
  • Beta
  • Indicadores fundamentalistas no caso das ações

Entre em contato com um de nossos especialistas para saber mais:

Compartilhe este post

Menu