fbpx

FIIs de shoppings centers reaparecem na lista de maiores retornos e dividendos

FIIs: maiores retornos

Compartilhe este post

FIIs de shoppings centers reaparecem na lista de maiores retornos e dividendos

Os fundos de investimento imobiliários (FIIs) ganham espaço. A possibilidade de recebimentos de dividendos mensais atrai uma parcela considerável de investidores.

A Quantum dispõe de ferramentas técnico-analíticas para o acompanhamento dessa indústria. 

O portal Exame fez uma reportagem utilizando dados extraídos da nossa plataforma. 

Foi verificada a retomada de papéis de shoppings centers, que tinham sido bastante afetados pela pandemia. 

Confira abaixo as principais informações sobre o estudo.

Os melhores FIIs nos últimos 12 meses

Não é segredo que os papéis de shoppings foram um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19. 

Afinal, esses títulos realizaram investimentos em imóveis que ficaram fechados e sofreram altos índices de inadimplência dos lojistas durante a crise do coronavírus.

Mas, um levantamento a partir da plataforma Quantum mostra uma retomada do setor. 

Entre os 10 fundos imobiliários mais rentáveis em 12 meses, dois pertencem à classe de shoppings

No caso, são os Malls Brasil Plural (MALL11), em quarto lugar, com retorno de 31,27%; e o HSI Malls (HSML11), em oitavo lugar, com retorno de 28,57%.

O período analisado foi de 12 meses encerrados em 4 de novembro de 2022.

Confira abaixo a lista dos melhores FIIs, em rentabilidade (12 meses até 4 de novembro de 2022).

NomeTickerGestãoInvestimento Classe de AtivosInvestimento Tipo de ImóvelRetorno nos últimos 12 meses 
BRAZILIAN GRAVEYARD AND DEATH CARE SERVICES FIICARE11ZION InvestImóvelOutros55,32%
PÁTRIA LOGÍSTICA FIIPATL11VBI Real EstateImóvelLogística32,81%
RIZA AKIN FIIRZAK11Riza Asset ManagementRenda FixaNão se aplica32,80%
MALLS BRASIL PLURAL FIIMALL11Genial BancoImóvelShopping31,27%
OURINVEST JPP FIIOUJP11JPP CapitalRenda FixaNão se aplica29,41%
JS REAL ESTATE MULTIGESTÃO FIIJSRE11Safra Asset ManagementMulticlasseHíbrido28,61%
GREEN TOWERS FIIGTWR11BV AssetImóvelLajes Corporativas28,61%
HSI MALLS FIIHSML11Hemisfério Sul InvestimentosImóvelShopping28,57%
BRESCO LOGÍSTICA FIIBRCO11BrescoImóvelLogística27,32%
CSHG IMOBILIÁRIO FOF FIIHGFF11Credit Suisse Hedging-Griffo CorretoraRenda Variável – FOFHíbrido27,23%
ALIANZA TRUST RENDA IMOBILIÁRIA FIIALZR11AlianzaImóvelHíbrido26,07%
VINCI SHOPPING CENTERS FIIVISC11Vinci PartnersImóvelShopping25,87%
KILIMA SUNO 30 FIC FIIKISU11Kilima AssetRenda Variável – FOFHíbrido25,06%
RIZA TERRAX FIIRZTR11Riza Asset ManagementImóvelRural24,79%
SDI RIO BRAVO RENDA LOGÍSTICA FIISDIL11Rio Bravo InvestimentosImóvelLogística23,98%
HEDGE BRASIL SHOPPING FIIHGBS11Hedge InvestmentsImóvelShopping23,48%
TG ATIVO REAL FIITGAR11TG Core AssetMulticlasseHíbrido23,48%
TRX REAL ESTATE FIITRXF11TRXImóvelHíbrido23,30%
CSHG RENDA URBANA FIIHGRU11Credit Suisse Hedging-Griffo CorretoraImóvelHíbrido23,07%
SANTANDER PAPÉIS IMOBILIÁRIOS CDI FIISADI11Santander Brasil Asset ManagementRenda FixaNão se aplica22,92%

A reportagem da Exame ouviu o diretor de ativos reais da HSI, Felipe Gaiad. O profissional destacou a administração única dos shoppings do HSML11 como ponto importante para a recuperação dos ativos.

“Dessa forma, pudemos reagir de forma organizada e rápida para controlar custos. Não tivemos de discutir, e nossos investidores minoritários tiveram pouca interferência no processo”, apontou.

E a expectativa é a manutenção positiva do cenário. A menos que haja uma forte mudança na política fiscal brasileira, segundo a reportagem.

Outro dado que corrobora o discurso de recuperação dos shoppings é o IFIX B3 (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários). 

A carteira oficial da indústria conta com dois títulos de shoppings no Top-20: o Vinci Shoppings Centers (VISC11), na 12ª colocação, e o Hedge Brasil Shopping (HGBS11), na 16ª.

Outro dado que corrobora o discurso de recuperação dos shoppings é o IFIX B3 (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários). 

A carteira oficial da indústria conta com dois títulos de shoppings no Top-20: o Vinci Shoppings Centers (VISC11), na 12ª colocação, e o Hedge Brasil Shopping (HGBS11), na 16ª.

O HGBS11, por exemplo, já distribui retornos equivalentes ao período pré-pandemia. Como já falamos, outros fundos até já superaram os rendimentos antes de 2020 ou entregaram números acima da inflação.

E alguns índices foram até melhores dos registrados em 2019. 

Rodrigo Coelho, gestor do fundo de shoppings da Vinci, relembra os descontos temporários aplicados com o avanço do setor a partir de 2021. 

“Registramos ocupação, taxa de desconto e inadimplência melhores do que as de 2019”, lembra o profissional.

CONFIRA AGORA A REPORTAGEM COMPLETA:

  • Autor: Marília Almeida
  • Por: Exame – Publicado em 08/11/2022
  • Informações Financeiras: Quantum Finance

Compartilhe este post

Menu