fbpx
AuM e Captação Líquida - Raio X de 2023

Compartilhe este post

Ranking AuM e Captação Líquida – Raio X de 2023

Qual foi o desempenho das assets ao longo do ano de 2023? Confira aqui no ranking mais completo e atualizado com as gestoras de fundos que tiveram o melhor desempenho em ativos sob gestão (AuM) e captação líquida de recursos dos investidores. 

O levantamento consolida os dados da pesquisa realizada mensalmente pela Quantum com os principais dados da indústria de fundos e da atividade do setor. Ao todo, foram avaliadas 807 gestoras de investimentos operando no Brasil durante os 12 meses do último ano. 

No acumulado de 2023, a indústria como um todo obteve captação líquida negativa, com um déficit de -R$ 187.702.053.064,60.  

Identificamos que 49,3% das assets tiveram captação líquida positiva, enquanto 47% tiveram um saldo negativo. Ainda, 3,7% apresentaram uma captação neutra, com o mesmo volume de aplicações e resgates. 

Navegue pelo conteúdo: 

O cenário do mercado em 2023

O ano de 2023 começou com incertezas no mercado, com preocupações em relação aos rumos da política fiscal brasileira. 

Além disso, a continuidade do aperto monetário nos Estados Unidos (EUA) lançou pessimismo também aqui no cenário doméstico, levando resultados ruins à Bolsa brasileira. 

No entanto, ao longo do ano os investidores brasileiros acompanharam avanços de reformas importantes em Brasília, que trouxeram otimismo para a área fiscal. 

Esse cenário, aliado ao controle da inflação, motivou o Comitê de Política Monetária a iniciar um ciclo de cortes na taxa Selic a partir da reunião do dia 02 de agosto, que se manteve nas três decisões seguidas. 

Lá fora, o otimismo com a inflação americana refletiu também na Bolsa brasileira, com aumento do fluxo de capital estrangeiro e alta recorde do Ibovespa no mês de novembro. 

Se o primeiro semestre foi de incertezas e quedas, a segunda metade do ano foi marcada por otimismo e ótimos resultados dos principais indicadores do mercado brasileiro.

Comportamento dos benchmarks 

O Ibovespa teve alta de 22,28% em 2023, a maior alta anual desde 2019. 

O Ifix, índice de fundos imobiliários, avançou 15,50% no acumulado do ano. 

O dólar recuou 7,21% em 2023, fechando o ano cotado em R$ 4,852. 

Quanto aos principais referenciais de renda fixa, o CDI foi de 13,05%, e o IMA-B ficou em 16,05% no fechamento do ano. 

Confira agora o levantamento da Quantum sobre a indústria de fundos. 

[ ➞ Faça o download completo do estudo no final do post ] 

Top 20 Ranking AuM 

Top 20 Ranking AuM  

O ranking das top 5 gestoras com maiores volumes de ativos sob gestão (AuM) segue inalterado ao final do ano.  

Confira o Top 20: 

Rank AUM Gestão AUM (R$) Aplicação (R$) Resgate (R$) Captação Líquida (R$) 
1 BB Asset Management 1.557.358.849.529,32 338.265.580.636,49 382.406.643.640,27 -44.141.063.003,79 
2 Itaú Asset Management 703.442.696.747,39 86.583.180.436,13 87.897.375.898,26 -1.314.195.462,13 
3 Bradesco Asset Management 653.967.411.823,86 51.057.081.290,43 57.891.008.287,08 -6.833.926.996,65 
4 CAIXA Asset 516.809.226.808,16 49.263.436.075,36 53.576.914.281,00 -4.313.478.205,64 
5 Brasilprev 382.415.457.517,00 8.620.354.944,22 7.602.063.795,46 1.018.291.148,76 
6 Santander Brasil Asset Management 296.372.011.313,40 28.977.466.559,51 29.908.089.118,38 -930.622.558,86 
7 Itaú DTVM 201.514.742.412,34 7.812.539.695,76 8.624.689.638,72 -812.149.942,95 
8 Safra Asset Management 138.093.936.273,65 14.207.045.691,33 11.846.846.895,21 2.360.198.796,12 
9 BTG Pactual WM Gestão de Recursos 109.451.127.475,91 5.898.667.688,48 4.517.166.361,27 1.381.501.327,21 
10 Sicredi 107.797.593.629,91 35.873.285.255,56 38.065.669.377,55 -2.192.384.121,99 
11 BTG Pactual Asset Management 103.715.583.961,24 28.374.963.258,56 28.018.452.308,28 356.510.950,28 
12 Itaú Unibanco 102.501.456.634,47 2.172.498.160,24 2.056.577.348,73 115.920.811,51 
13 Kinea Investimentos 96.446.205.606,72 7.297.127.587,50 3.310.999.353,08 3.986.128.234,42 
14 EFPC FUNCEF 85.695.332.870,16 3.570.661.898,23 2.775.910.077,02 794.751.821,21 
15 XP Asset Management 77.962.506.005,00 15.769.106.266,85 16.897.664.660,94 -1.128.558.394,10 
16 Credit Suisse Hedging-Griffo 65.453.639.932,75 4.512.454.890,31 6.418.360.829,27 -1.905.905.938,96 
17 BNP Paribas Asset Management 64.340.427.841,77 3.961.769.339,55 3.484.894.210,12 476.875.129,43 
18 BW Gestão de Investimentos 55.865.443.787,13 92.849.266,00 859.614.407,30 -766.765.141,30 
19 SulAmérica Investimentos 48.368.535.037,21 4.824.485.100,22 4.013.892.330,98 810.592.769,24 
20 SPX Capital 44.166.675.303,55 437.459.862,99 1.836.232.261,77 -1.398.772.398,78 

Fonte: Quantum Finance 

Top 20 Captação Líquida Geral

Em relação a captação líquida, a indústria registrou déficit de -R$ 187.702.053.064,60 no acumulado de 2023. 

Kinea Investimentos, Sicredi, BTG Pactual Asset Management, Bradesco Asset Management e BNP Paribas Asset Management se destacaram como as cinco gestoras com maiores volumes de captação líquida no ano. 

Veja o ranking com as 20 primeiras: 

Rank Captação Líquida Gestão Captação Líquida (R$) Aplicação (R$) Resgate (R$) AUM (R$) 
1 Kinea Investimentos 44.085.690.353,70 69.846.794.499,32 25.761.104.145,61 96.446.205.606,72 
2 Sicredi 22.816.174.841,29 357.273.721.493,77 334.457.546.652,48 107.797.593.629,91 
3 BTG Pactual Asset Management 19.578.497.129,37 250.137.296.104,41 230.558.798.975,02 103.715.583.961,24 
4 Bradesco Asset Management 12.317.184.940,84 535.603.644.042,80 523.286.459.101,95 653.967.411.823,86 
5 BNP Paribas Asset Management 9.541.210.537,04 59.816.773.801,85 50.275.563.264,81 64.340.427.841,77 
6 XP Vida e Previdência 8.605.014.096,69 17.939.831.414,27 9.334.817.317,58 26.378.815.193,53 
7 Brasilprev 8.285.317.930,19 123.204.496.334,30 114.919.178.404,11 382.415.457.517,00 
8 SulAmérica Investimentos 6.765.630.058,90 61.376.751.326,79 54.611.121.267,87 48.368.535.037,21 
9 BTG Pactual WM Gestão de Recursos 5.464.020.388,29 31.065.397.176,66 25.601.376.788,38 109.451.127.475,91 
10 Reditus Investimentos 4.739.866.988,05 4.741.866.988,05 2.000.000,00 5.051.130.725,13 
11 BW Gestão de Investimentos 4.190.559.891,89 9.655.520.896,04 5.464.961.004,14 55.865.443.787,13 
12 WNT Capital 4.031.482.461,51 5.165.240.748,92 1.133.758.287,42 8.824.030.160,54 
13 Itaú DTVM 3.673.689.736,62 67.772.217.604,15 64.098.527.867,55 201.514.742.412,34 
14 Wealth High Governance 3.357.751.935,24 7.608.214.075,28 4.250.462.140,03 18.734.818.068,17 
15 EFPC FUNCEF 3.304.917.521,41 29.280.303.106,72 25.975.385.585,31 85.695.332.870,16 
16 Perenne Investimentos 3.119.052.365,23 3.850.555.976,79 731.503.611,56 7.667.148.116,58 
17 Safra Asset Management 2.828.824.849,99 146.303.951.255,02 143.475.126.405,01 138.093.936.273,65 
18 Banco do Nordeste do Brasil 2.819.330.624,70 46.519.678.162,41 43.700.347.537,70 12.981.150.896,05 
19 MAPFRE Investimentos 2.566.174.279,27 14.962.132.821,98 12.395.958.542,69 11.693.207.617,70 
20 EFPC ELETROS 2.359.659.992,15 2.824.012.002,36 464.352.010,21 2.496.834.868,76 

Fonte: Quantum Finance

Top 20 Captação Líquida Renda Fixa 

O segmento de renda fixa teve captação líquida positiva no acumulado do último ano, com uma performance que rendeu um saldo positivo de R$ 5.102.967.050,60. 

58% das assets tiveram mais aplicações do que resgates, enquanto 39,20% tiveram déficit em 2023. 

Kinea Investimentos, Bradesco Asset Management, Brasilprev, Itaú DTVM e BTG Pactual Asset Management ocupam o top 5 das mais atrativas. 

Veja a relação das 20 mais atrativas: 

Rank Captação Líquida Gestão Captação Líquida (R$) Aplicação (R$) Resgate (R$) AUM (R$) 
1 Kinea Investimentos 41.760.977.029,51 58.975.791.428,34 17.214.814.398,83 66.770.055.635,94 
2 Bradesco Asset Management 27.884.606.982,94 491.978.612.484,18 464.094.005.501,27 574.041.566.494,59 
3 Brasilprev 23.716.046.243,32 107.162.933.562,68 83.446.887.319,36 291.444.183.910,29 
4 Itaú DTVM 21.107.065.940,56 45.520.468.846,23 24.413.402.905,66 37.751.289.307,66 
5 BTG Pactual Asset Management 19.840.876.327,77 232.598.875.291,63 212.757.998.963,88 81.652.563.157,62 
6 Safra Asset Management 15.208.846.458,05 130.810.940.834,31 115.602.094.376,28 99.158.326.490,88 
7 Sicredi 14.847.060.235,98 304.655.100.927,02 289.808.040.691,07 68.211.491.744,44 
8 BNP Paribas Asset Management 9.786.473.256,18 57.505.658.680,80 47.719.185.424,62 56.827.345.595,18 
9 SulAmérica Investimentos 7.994.811.423,60 56.587.279.009,99 48.592.467.586,38 40.168.898.791,18 
10 EFPC FUNCEF 7.915.784.830,43 28.019.822.485,51 20.104.037.655,08 74.054.733.691,38 
11 Banco Citibank 3.447.927.427,76 4.099.825.129,03 651.897.701,27 4.263.721.901,42 
12 XP Asset Management 2.916.705.683,43 160.782.305.762,12 157.865.600.078,67 55.452.647.038,28 
13 Banco do Nordeste do Brasil 2.828.809.216,53 46.509.954.994,83 43.681.145.778,28 12.908.374.406,91 
14 MAPFRE Investimentos 2.630.522.029,48 14.869.872.353,52 12.239.350.324,04 11.077.201.106,45 
15 XP Vida e Previdência 2.261.348.707,13 6.461.223.307,67 4.199.874.600,54 9.167.629.034,27 
16 Vinland Capital 2.216.797.529,61 7.288.613.688,97 5.071.816.159,33 5.071.514.299,00 
17 V8 Capital 2.122.927.466,64 35.207.376.165,61 33.084.448.698,99 4.701.771.056,99 
18 SICOOB DTVM 2.044.870.868,88 114.175.768.721,98 112.130.897.853,10 17.311.491.083,57 
19 EFPC CAPEF 1.679.614.712,87 2.095.470.781,22 415.856.068,35 5.786.006.621,51 
20 G5 Partners 1.295.633.173,42 6.732.143.910,86 5.436.510.737,46 3.678.346.919,39 

Fonte: Quantum Finance 

Top 20 Captação Líquida Multimercados 

A captação líquida do segmento de multimercados teve um desempenho ruim em 2023, acumulando um déficit expressivo de -R$ 147.337.586.699,01. 

A relação das cinco assets com melhores desempenhos é formada por Itaú Asset Management, Sicredi, EFPC Petros, XP Vida e Previdência e Reditus Investimentos 

351 gestoras (49,72%) obtiveram resultado positivo no ano, enquanto 325 (46,03%) ficaram no vermelho. 

Veja as 20 primeiras: 

Rank Captação Líquida Gestão Captação Líquida Aplicação Resgate AUM 
1 Itaú Asset Management 9.759.985.172,31 65.270.576.712,83 55.510.591.540,51 100.018.442.172,22 
2 Sicredi 7.944.028.507,90 52.337.538.848,36 44.393.510.340,45 39.309.229.472,47 
3 EFPC PETROS 6.607.187.113,17 15.968.031.558,18 9.360.844.445,01 25.508.689.216,45 
4 XP Vida e Previdência 6.296.875.444,74 11.414.934.210,73 5.118.058.765,99 17.078.076.316,32 
5 Reditus Investimentos 4.739.866.988,05 4.741.866.988,05 2.000.000,00 5.051.130.725,13 
6 BW Gestão de Investimentos 4.187.359.891,89 9.652.320.896,04 5.464.961.004,14 52.510.519.933,46 
7 WNT Capital 3.218.768.544,76 4.174.518.455,54 955.749.910,78 6.773.458.851,73 
8 Kinea Investimentos 2.501.537.351,06 10.768.694.460,44 8.267.157.109,37 28.897.616.725,73 
9 EFPC FUNCESP 2.439.205.717,20 13.341.070.876,69 10.901.865.159,48 32.076.180.698,44 
10 Genoa Capital 2.354.323.111,22 7.304.038.746,98 4.949.715.635,75 18.307.890.334,31 
11 EFPC REAL GRANDEZA 1.994.494.635,44 3.569.290.516,34 1.574.795.880,89 17.138.617.909,49 
12 Ace Capital 1.950.594.823,29 4.579.017.656,45 2.628.422.833,16 6.392.394.658,39 
13 Acura Capital 1.727.397.378,40 2.556.182.101,88 828.784.723,48 230.336.594,80 
14 Perenne Investimentos 1.656.962.729,07 2.212.116.340,63 555.153.611,56 4.008.232.618,78 
15 Mongeral Aegon Investimentos 1.555.382.978,98 3.370.368.930,96 1.814.985.951,99 4.693.943.330,35 
16 EFPC ELETROS 1.546.725.147,74 1.792.763.781,40 246.038.633,66 1.601.543.371,35 
17 NEO Investimentos 1.498.147.275,59 2.763.258.656,72 1.265.111.381,12 3.950.518.981,66 
18 Caixa Econômica Federal 1.208.992.558,78 1.662.304.116,01 453.311.557,23 24.000.337.064,01 
19 EFPC FUNCEF 1.201.000.000,00 1.201.000.000,00 0,00 1.278.540.401,18 
20 Lumina Capital 1.191.774.924,36 1.192.426.303,20 651.378,84 1.595.080.787,64 

Fonte: Quantum Finance

Top 20 Captação Líquida Ações 

O segmento de fundos de ações foi outro a ter captação líquida negativa em 2023, fechando o ano em déficit de -R$ 42.817.591.080,63. Cerca de 58% das gestões tiveram captação negativa, enquanto 37% tiveram captação positiva.  

BTG Pactual WM Gestão de Recursos, Wealth High Governance, Opportunity, Perenne Investimentos e Quatrinvest foram os grandes destaques no ano. 

Veja a lista das 20 gestoras com maiores captações líquidas na categoria fundos de ações: 

Rank Captação Líquida Gestão Captação Líquida Aplicação Resgate AUM 
1 BTG Pactual WM Gestão de Recursos 5.159.439.087,21 7.310.681.790,68 2.151.242.703,46 38.975.210.159,84 
2 Wealth High Governance 2.962.410.900,37 3.999.339.251,36 1.036.928.350,99 6.954.584.584,40 
3 Opportunity 1.507.958.948,00 2.377.308.664,30 869.349.716,30 31.472.443.751,23 
4 Perenne Investimentos 1.462.089.636,16 1.638.439.636,16 176.350.000,00 3.658.915.497,80 
5 Quatrinvest 1.308.598.900,38 1.417.300.241,99 108.701.341,61 1.630.260.619,44 
6 We Capital 1.024.773.332,65 1.380.984.774,33 356.211.441,68 3.489.637.594,45 
7 Charles River 912.610.096,03 946.177.201,93 33.567.105,90 2.788.403.887,35 
8 EFPC ELETROS 812.934.844,41 1.031.248.220,96 218.313.376,55 895.291.497,41 
9 WNT Capital 801.829.808,22 801.829.808,22 0,00 1.990.503.990,72 
10 Vitra Capital 638.133.740,65 760.446.634,61 122.312.893,95 1.263.083.445,68 
11 SPX Capital 550.753.880,74 1.935.023.137,24 1.384.269.256,52 5.894.973.756,67 
12 Guepardo Investimentos 548.969.925,23 863.389.967,11 314.420.041,88 3.108.918.595,82 
13 Turim Investimentos 547.331.246,32 739.895.682,23 192.564.435,89 1.206.888.523,36 
14 Magnus Capital 516.817.322,54 516.836.008,49 18.685,95 535.802.517,09 
15 Trígono Capital 502.092.320,28 1.325.443.861,93 823.351.541,65 3.067.109.847,91 
16 JGP Wealth Management 467.478.338,89 1.140.518.557,80 673.040.218,90 1.844.612.526,20 
17 TB Capital 397.874.273,89 498.718.764,56 100.844.490,67 908.287.760,56 
18 Vokin Investimentos 357.760.961,42 531.683.909,35 173.922.947,91 1.455.147.745,06 
19 Tres Ilhas Investimentos 310.173.593,25 311.395.593,25 1.222.000,00 335.032.654,93 
20 Banco Clássico 288.063.554,76 288.063.554,76 0,00 22.870.583.455,40 

Fonte: Quantum Finance 

Top 3 Captação Líquida Cambial 

Em 2023, apenas 3 das 22 gestoras analisadas na categoria de fundos cambiais obtiveram captação líquida positiva, o que corresponde a 13,6% do total. 

O segmento teve um saldo negativo no ano, com captação líquida total de -R$ 1.854.144.303,69. 

Veja os melhores desempenhos entre as gestoras: 

Rank Captação Líquida Gestão Captação Líquida Aplicação Resgate AUM 
1 Sicredi 36.876.479,25 80.266.986,14 43.390.506,89 18.590.136,48 
2 Carbon Asset Management 2.189.251,88 5.741.467,33 3.552.215,46 4.209.187,83 
3 ALOCC Gestão Financeira 1.219.712,84 2.363.598,34 1.143.885,50 12.907.362,95 

Fonte: Quantum Finance 

Ranking Exclusivo – entenda a metodologia

Os rankings de captação mensal da Quantum mostram os ingressos de recursos em fundos de investimento por gestoras. 

Os destaques são por categorias – geral da indústria, Ações, Renda Fixa, Cambial e Multimercado – e apontam as posições em relação ao mês anterior. 

Os dados são checados pelos nossos experts e divulgados com mais rapidez e precisão do que informações disponíveis em outras bases sobre fundos porque os especialistas da área de produtos aqui da Quantum fazem um tratamento de informações, por exemplo, tiram a dupla contagem nos casos de fundos que aplicam em outros fundos da mesma instituição. 

A Quantum também revela o AUM (Assets Under Management) de cada gestora. 

Os clientes têm acesso ao ranking completo, com todo o histórico e outras informações relevantes para análise.  

Se você é cliente Quantum Axis, acesse na sua plataforma o caminho Utilidades > Painéis Analíticos> FI- Ranking de AUM e Captação da Indústria e confira todos os dados de cada gestora. 

A Quantum possui o maior acervo de informações sobre o mercado financeiro da América Latina e offshore. Nossos clientes têm acesso a todos os rankings, com informações completas sobre cada gestora de recursos, e podem realizar diversas análises. Saiba mais sobre as nossas soluções! 

Compartilhe este post

Menu