Série IPO 2021: Análise Intercement Brasil

Compartilhe este post

Série IPO 2021: Análise Intercement Brasil

Atualização em 16/7:  conforme fato relevante emitido pelos agentes e publicado pela CVM, o IPO foi cancelado. Conforme divulgação, “a interrupção do pedido de registro de oferta pública de distribuição secundária de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal de em issão da Companhia (“Ações ” e “Oferta”, respectivamente) em decorrência da atual conjuntura de mercado desfavorável à realização da Oferta”.  A Quantum manterá a análise, originalmente publicada em 12/7/21, por apresentar aos futuros investidores e outros profissionais do mercado a evolução de indicadores financeiros relevantes para uma avaliação sobre a empresa. 

Com mais de 50 anos de experiência no setor, a empresa é uma das líderes do mercado brasileiro em produção de cimentos tendo uma capacidade produtiva girando em torno de 17,2 milhões de toneladas por ano. A oferta em questão será exclusivamente secundária, ou seja, os recursos da oferta não irão para o caixa da empresa, e sim para o controlador.

A Intercement definiu o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 18,20 e R$ 25,50 – e o meio da faixa de preço e a quantidade de ações indicam o levantamento de R$ 3,2 bilhões na oferta pública inicial. O preço será fixado em 14 de julho.

A seguir apresentamos os principais indicadores financeiros e sua evolução ao longo dos últimos 3 anos concluídos ( 2018, 2019 e 2020). O relatório foi produzido pelo time de experts em Finanças da Quantum, e os dados extraídos da plataforma Quantum Axis, líder no mercado nacional em consolidação de banco de dados e informações do mercado financeiro.

Análise Intercement Brasil: Histórico e Operação 

A Intercement Brasil é uma das organizações líderes na produção de cimento no Brasil, com16 fábricas espalhadas no país. Além do concreto, comercializado através das marcas  Cauê, Goiás e Zebu, a empresa opera centrais de concreto, que atendem todas as etapas de obras. Com capacidade instalada de 17,2 milhões de toneladas (12,2 milhões ativas e 5 milhões hibernadas) e um volume de vendas consolidado total de cerca de 8,7 milhões de toneladas em 2020, a companhia foi responsável por aproximadamente 15% do volume total de cimento vendido no Brasil em 2020, sendo a segunda maior empresa de cimento do país, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC).

A companhia é controlada indiretamente pela InterCement Participações S.A. e consolida as operações de produção de cimento no Brasil. O Grupo InterCement, por sua vez, além da presença no mercado brasileiro, também atua na Argentina, no Egito, em Moçambique e na África com Sul e tem capacidade produtiva de 37 milhões de toneladas de cimento por ano em suas 33 unidades produtivas, contando com mais de 6.000 colaboradores e mais de 50 anos de experiência no setor.

A subsidiária brasileira também apresenta em seus relatórios de atividades e documentos oficiais o desenvolvimento de outras atividades relacionadas ao negócio principal. A primeira é a produção de energia – a Intercement possui participações minoritárias em três ativos de geração de energia hidrelétrica, localizados nos estados do Tocantins, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Em 2019, a energia gerada através destas plantas foi responsável por mais de 74% do consumo total de energia consumida pela Companhia, reduzindo custos e gerando benefícios fiscais nos impostos referentes a energia elétrica. Outra atividade relatada é denominada Amigo Construtor, uma comunidade online que conecta construtores e oferece diversos treinamentos, além da possibilidade compartilhamento de projetos, atração de novos clientes, consultas diversas, tiragem de pedidos e contas a pagar.

Indicadores Financeiros

O aumento no volume de vendas e no preço médio impactou positivamente nos indicadores da companhia entre 2018 e 2020, com destaque para o ano de 2020, quando o preço médio aumentou 25,3%. Tais fatores favoreceram uma forte expansão da receita líquida, que atingiu R$ 2,4 bilhões no ano passado, mesmo frente a desafios como a pandemia e a desvalorização do real frente ao dólar.

A receita líquida da Intercement Brasil cresceu 33% entre 2020 e 2018, com um aumento de mais de R$500 milhões entre 2019 e 2020. A margem EBIT também sofreu acentuado aumento, tanto que se tornou positiva no ano passado, indo de -18,12% em 2018 para 7,75% em 2020. A figura 1 apresenta os indicadores no período analisado.

Figura 1: Receita Líquida e Margem EBIT (2018-2020)

Quantum Série IPO Análise Intercement Brasil_Receita Liquida Margem EBIT

A companhia manteve a trajetória de diminuição do prejuízo consolidado que iniciou entre 2017 e 2018, e passou de R$622,7 milhões de prejuízo em 2018 para R$ 24,16 milhões em 2020. Houve uma redução de mais de R$ 500 milhões no período.

Quando analisamos as despesas financeiras, verificamos que outro fator contribuiu para sua redução: a diminuição da taxa Selic. O valor chegou ao patamar de R$243,5 milhões em 2020, ante um montante de R$373,5 milhões em 2018. Confira na Figura 2 a evolução dos indicadores analisados:

Figura 2: Lucro/Prejuízo Consolidado e Despesas Financeiras (2018-2020)

Quantum Série IPO Análise Intercement Brasil_Prejuizo Despesas Financeiras 

 Mudanças na estrutura de capital da empresa refletiram em seu Debt to Equity: houve diminuição de 731,5% em 2018 para 393,7% em 2019, com um pequeno aumento para 457,97% em 2020. Destacam-se o crescimento de 54,7% do PL contra uma redução de 3% no passivo total, e uma diminuição no passivo circulante contra um pequeno aumento no passivo não circulante. O índice de liquidez corrente também cresceu, saltando de 0,59 em 2018 para 1,13 em 2020. Na tabela 1 são resumidos os principais indicadores financeiros da Intercement Brasil durante o período analisado.

Tabela 1: Evolução dos Indicadores Financeiros Intercement Brasil (2018-2020)

Considerações Finais

A análise procurou aprofundar a compreensão dos indicadores financeiros da Intercement Brasil antes do seu processo de IPO. Dessa forma, o material pode contribuir para a tomada de decisão dos profissionais do mercado financeiro. As informações financeiras desta análise podem ser encontradas na plataforma Quantum Axis, que possui ampla base de dados, com mais de 1.500 empresas e ações brasileiras, cobrindo todas as companhias listadas na CVM. O módulo contempla informações como: demonstrações financeiras (BP, DRE, FC), indicadores fundamentalistas, históricos de preços e proventos, acompanhamento do mercado em tempo real, principais acionistas e insiders, percentual do free float e aluguel de ações.

Dados Gerais
Empresa:  INTERCEMENT BRASIL S.A.
Ticker: ICBR3
Tipo de Oferta: ICVM400
Segmento de listagem: Novo Mercado
Período de reserva: 01/07 a 13/07
Data prevista de início da negociação: 16/7/2021
Coordenador Líder: Banco Bradesco BBI
Agente Estabilizador: Banco Itaú BBA

Elaboração da Análise

  • Arthur Bretas – Especialista em Fundos Imobiliários e Mercado de Ações
  • Rafael Cravo – Especialista em Fundos Imobiliários e Mercado de Ações

 

 

Compartilhe este post

Menu