Melhores e Piores na Bolsa: Alfa das Ações | Investing.com

Quantum_ Investing.com_Melhores Alfas das Ações 2021

Compartilhe este post

Melhores e Piores na Bolsa: Alfa das Ações | Investing.com

Acompanhar o desempenho dos papéis na Bolsa de Valores é fundamental para o investidor tomar decisões. E, quanto mais informações sobre riscos e retornos conseguir reunir, melhor poderá ser a composição da sua carteira.

Carlos Heitor Campani, expert em Finanças, traz mais uma perspectiva interessante de análise em sua coluna no Investing.com. O célebre pesquisador e consultor se debruça sobre o alfa das ações, realizando um ranking sobre os melhores e piores papéis da Bolsa em 2021 segundo este indicador.

Alfa e Beta das ações

Campani apresenta o conceito de beta, que é o risco sistemático conforme o modelo CAPM (Capital Asset Pricing Model). O beta é “o tipo de risco que dá origem ao prêmio de risco para o investidor ao comprar aquele papel”, contextualiza. O modelo assume proporcionalidade entre a expectativa do prêmio de risco de cada ação e o prêmio de risco do mercado  Dentro desta perspectiva, o especialista reforça ainda que parte do risco de uma ação é diversificável (risco não sistemático) e não geraria nenhum retorno adicional ao investidor.

Já o alfa de uma ação é geralmente atribuído à capacidade do gestor, sendo o retorno obtido além do risco assumido. “Quando dizemos que um gestor foi capaz de gerar alfa, estamos dizendo que ele performou acima do esperado dado o risco que ele correu com sua estratégia”, explica Campani.

Ranking Alfa das Ações: Melhores e Piores Papéis 2021

Para elaborar o ranking, Campani analisou 178 papéis, extraindo todos os dados da base Quantum. 83 apresentaram alfas positivos enquanto 95 estão com alfas negativos. O papel com alfa negativo significa uma performance menor da esperada ao contabilizar o seu risco sistemático

A soma da rentabilidade esperada com a rentabilidade adicional (alfa) resulta na rentabilidade total do papel em 2021.

A seguir são apresentados os 30 primeiros colocados em relação ao alfa das ações. Aqui temos nas primeiras posições empresas consideradas small caps, como Méliuz  (CASH3) e Positivo (POSI3) – cujas performances foram analisas no ranking de small caps publicado aqui.

Quantum_ Investing.com_Melhores Alfas das Ações 2021

Entre os 30 últimos colocados do rol de papéis analisados, tradicionais empresas apresentaram alfas negativos, como Magazine Luiza  (MGLU3) e Lojas Americanas (LAME4). Confira o ranking a seguir:

Quantum_ Investing.com_Piores Alfas das Ações 2021 

Campani ressalta que a definição de alfa e beta, bem como os cálculos empregados estão amparados no contexto do modelo CAPM, que “é um modelo monofatorial por considerar que todo o prêmio de risco vem única e exclusivamente do mercado”. O especialista aponta outros modelos que consideram prêmios de risco oriundos de outras fontes de risco específicas, além do mercado como um todo, o que poderia gerar outras análises.

O professor disponibilizou em seu site a planilha com todos os papéis analisados – é só clicar aqui e para fazer o download.

 

Autor da Análise: Carlos Heitor Campani – Professor de Finanças do Coppead/UFRJ. Pesquisador, Consultor e Autor na área de Investimentos, Previdência, Finanças Pessoais e Finanças Corporativas.
Fonte: Investing.com– publicado em 25/6/2021

 

Compartilhe este post

Menu